segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Ainda a volta de Alcaçer


Bem também acho que devo de contribuir para este espaço... Vou resumir a minha aventura nos 60km...


Já muito se falou da minha preparação (ou falta dela) para esta maratona...Estive dois meses parado pela simples razão do horário dos treinos coincidir com o horário de fecho das discotecas…

Na semana anterior e como narrado pelo Blito, compareci ao ultimo treino para a dita, o mesmo correu-me bem, pois não sei porquê, mas passei parte do tempo a experimentar as velocidades da bicicleta tal como tinha lido nuns forums por aí…e dessa forma começo a tirar mais partido do esforço que despendo…só não medi o esforço na subida da rampa da Arrábida…pois a partir dai foi um arrastar-me até Setúbal (cheguei mesmo ao ponto de já não conseguir puxar em estrada plana)…mas com calma lá cheguei ao final…).

Durante a semana ainda fui a uma aula de Spinning, com o amigo Sandro…

No fim de semana na noite de Sábado em convívio com os meus amigos Blito, Sandro, e Pedro (sim…estávamos em estágio para a prova) comecei a sentir sintomas de Gripe…tomei um Aspegic e deitei-me…na manhã da Prova Sentia-me bem mas tomei novamente um outro Aspegic…Tomei o meu maravilhoso Pequeno almoço…Meia lata de leite condensado com um iogurte liquido e frutos secos…que bomba…Abasteci-me e lá fomos direito a Alcácer…

No local continuava a sentir-me bem…e na meia maratona dita joguei sempre á defesa…subidas a maior parte, fi-las a pé…nunca tentei acompanhar ninguém…logo no inicio outro Betetista caiu para cima de mim…mas nada a registar…depois registo a cena de um jovem muito novo (talvez 9 ou 10 anos) ter passado por mim a subir e nunca mais o vi…que raça que força…depois tentei a aventura numa descida em que desviei duas arvores com os olhos e depois noutra em que era suposto virar no final da descida e eu fui de frente contra as silvas (picam)…comecei a perceber que os meus reflexos já não eram os melhores a partir daí passei um mau bocado entre os 30 e os 40 km…foi um sacrifício…depois fui buscar forças (Cubos de Marmelada = Estreia absoluta para a prova)…e parti para uns 5 a 6 kilometros a solo cheguei a pensar que o pessoal já estava todo a almoçar…como companhia só as vaquinhas…na recta final ainda tentei sprintar para não perder mais lugares mas não tive forças para isso…

Cheguei ao final com a sensação de missão cumprida…muito cansado…muito mesmo…mas com o desejo de na próxima estar melhor preparado…Esta terminou em 160º de 202…não foi nada mau…






Uma Palavra ainda para as paisagens...e para a claque durante a prova...aquelas maravilhas castanhas....não eram gajas...eram mesmo vacas...lindo gostei...




Aos amigos que me incentivaram…e partilharam esta vuelta …um abraço enorme…



(este é o meu primeiro post...não estou a conseguir trabalhar bem com as fotos mas...)

4 comentários:

Demonspeed disse...

Muito bem Cherba.
Gostei muito do teu primeiro blog ( espero que seja o primeiro de muitos ). É isto mesmo que este blog tem de ser, um convivio saudável e uma partilha de todas as nossas experiencias, no BTT e não só.
Há também um aspecto muito positivo na prova e que ainda não foi referido, que foram as marcações, todo o percurso estava muito bem marcado, ao ponto de eu não me ter perdido, como das duas vezes em Grândola...

Cherba disse...

Partilho perfeitamente dessa opinião...e registo ainda uma coisa...vi muito lixo ao longo do percurso...lixo dos betetistas, garrafas de água, papeis das barras...foi pena...

du@rte disse...

Parabéns pelas vossas participações.
Isso do lixo é que é mau. Um dos lemas do BTT é deixar a natureza como a encontrámos!!!

Demonspeed disse...

... percebeste Pedro??? vê lá se vais endireitar a arvore onde bateste, quando fazias BTT aí para os lados de Coimbra...